Ataúro Express

O plano era simples. Passar o fim de semana em Ataúro, ilhéu-prisão onde se fechou o ciclo colonial português em Timor-Leste, com a partida do último governador Lemos Pires, em Setembro de 1975, a bordo do pequeno Manatuto. Paraíso hoje, ontem chão de desterrados de Salazar e de Suharto. Comprado o bilhete para o Berlin … More Ataúro Express

Díli-Bissau: Garandi i polon, ma mancadu ta durbal

Muda a folha do calendário e há uma centelha de esperança para a Guiné-Bissau. A rota mais directa para pôr fim à endémica instabilidade do país que, parafraseando Pedro Rosa Mendes, é “a mãe africana da democracia portuguesa”, pode ser um voo Díli-Bissau. A nomeação de José Ramos-Horta, prémio Nobel da paz e ex-presidente de … More Díli-Bissau: Garandi i polon, ma mancadu ta durbal

Portugal, o imperfeito

O português anda triste. Prenhe de um cansaço que pesa mais que o corpo. Tutela a vida ao medo de perder o emprego, a casa, o empréstimo. O orgulho nacional tornou-se numa frágil muralha onde todos os dias se abrem pequenas brechas. Olha-se para Portugal e país parece ter fechado para balanço. Sucumbindo ao exercício … More Portugal, o imperfeito

O dever da memória

Díli, 28 out (Lusa) – O filme “Timor à Procura”, com assinatura de MaxStahl, o jornalista que filmou e denunciou mundialmente o massacre no cemitério  de Santa Cruz em 1991, estreia hoje em Remexiu, distrito de Ailéu.   O filme retrata os acontecimentos ocorridos a 12 de novembro de 1991 no cemitério de Santa Cruz, em … More O dever da memória

“Peregrinação de Enmanuel de Jhesus”

Tendo Timor como cenário, eis o novo livro de Pedro Rosa Mendes. Passagens de História, memórias políticas, cadernos da guerrilha, tratados breves de diplomacia, debates teológicos, cenas de artes marciais, cartografia antiga, observações de botânica, notas de geologia, ritos de sagração, sortes tauromáquicas, até um fado perdido (por Amália?) lá em «Outramar»: abundantes são os … More “Peregrinação de Enmanuel de Jhesus”