Oshakati

Teimo em não conseguir andar muito tempo por este Norte sem devolver-me ao silêncio do deserto, ou aos murmúrios da noite africana.  Teimo em continuar a dar, sempre que possível, um salto ao Sul. A mala está quase feita. E entrei em modo  de contagem decrescente. De um amigo, conselheiro bem intencionado e profundo conhecedor … More Oshakati

Errata

O mundo devia ter uma errata que pedisse desculpa. Estou na África das fotografias de Sebastião Salgado. A África de uma beleza majestosa, única, e de uma crueldade insuportáveis. Corta como faca afiada fruta madura. Entrando de torrente pela porta da rádio comunitária, em Rehoboth, onde estou a trabalhar, a realidade ganha consistência. Não cabe … More Errata

Pertenças

Quase não há trânsito na estrada. Passo a Avenida Robert Mugabe e alguns quilómetros mais à frente  o rio Bismark.  A paisagem é seca,  rochosa, com poucas árvores. Vários babuínos estão parados na berma. O horizonte não quer acabar. O termómetro marca 40 graus. Chego a Rehoboth, do hebreu “espaço amplo”. Passarei os próximos dias  … More Pertenças