Baixio das Bestas

Um filme que todos deveriam ver, e no todos incluo aqueles que se interessam por direitos humanos e por vitimologia, é o “Baixio das Bestas”, de 2006, realizado por Cláudio Assis. A obra, baseada em histórias reais, recebeu prémios nos circuitos nacional e internacional de cinema, incluindo o Tiger Award, maior prémio do Festival Internacional … More Baixio das Bestas

Da série mulheres extraordinárias ( e ainda pouco reconhecidas):

Os nazis consideravam Virginia Hall o “mais perigoso de todos os espiões aliados”, mas a história da “Dama Manca” ainda é amplamente desconhecida. Hall passou quase toda a guerra na França, primeiro como espia do recém-formado SOE da Grã-Bretanha e depois para o Departamento de Operações Especiais (OSS) dos EUA. Nem a sua perna protética … More Da série mulheres extraordinárias ( e ainda pouco reconhecidas):

A mulher transparente

Olhar para ver é um acto diário de resistência. Contar a violência pelos olhos da vítima é um exercício brutal, mostrar uma imagem inteira dessa pessoa e com isso aproximá-la do leitor para que não possa ser ignorada e se torne inescapável é fazer um delicado trapezismo na corda das emoções que a violência doméstica … More A mulher transparente

Da grandeza: 

Hesitante entrou numa cadeia de fastfood alemã que serve peixe. Era um desses dias claros e de termómetro benevolente. A velha senhora era alta, vestida de branco. Cabelo alvo, penteado com aprumo e preso por ganchos. Encomendou a refeição e sentou-se, com dificuldade. Deve ter sido uma mulher belíssima. Ainda o é no Inverno da … More Da grandeza: 

As horas comuns

Num dia comum em Ajdabya, nordeste da Líbia, os homens que guardam o campo bebem e fumam cannabis. Depois entram no campo e escolhem o troféu que querem.  Ramya, uma belíssima eritreia de 22 anos conta “com uma arma apontada à cabeca não tens grande hipótese de resistir se queres sobreviver. Fui violada duas vezes … More As horas comuns