Perguntas sem resposta ou a questão do diminutivo

Quando eu era muito pequena tratavam-me por um diminutivo. E esse nome tinha a suavidade da seda, dava-me uma grande tranquilidade e protegia-me das dores do mundo. “Não é a casa que nos abriga/ nós é que abrigamos a casa,/pois é a ternura que sustenta o tecto”. Como a vida não é um poema de … More Perguntas sem resposta ou a questão do diminutivo

Deus no Facebook

Prelúdio: Descendência de férias em Portugal a ser estragada com mimos. Comunicação reduzida a uns telefonemas breves – “sim Mami estamos óptimas”, leia-se óptimas longe das tuas asas do tamanho das de um A 380… – e uns sms, “envias por correio os meus livros para eu poder fazer os trabalhos de casa” ou “podes … More Deus no Facebook

Aqueles dias…

Há dias mãe e outros madrasta.Parada na fila de trânsito concebo planos para fugir para paraísos quentes, desligar o iPhone para sempre, atirar às urtigas o trabalho, converter-me ao budismo. Só não roo as unhas (porque a manicure na Alemanha pratica a tabela de preços da Bang &Olufsen). Revolvo o porta-luvas e encontro metade de … More Aqueles dias…

Post materialista ou is there a life without iPhone?

Estou a braços com um problema. Grande. Chama-se iPhone, ou melhor, chamava-se porque o perdi. Deixei de ter o mundo ao alcance de um toque, de poder verificar os emails, as breaking news e as novidades no Facebook. Dava-lhe uma palavra e o almighty Google debitava resultados. Se tivesse uma boca o meu iPhone, tinha-o … More Post materialista ou is there a life without iPhone?

Óhhh Mamiiiii

Está uma pessoa em sossego a tentar escrever. De súbito estala uma tempestade no andar de baixo. “Empresta-me o teu iPhone para jogar Temple run. Não, tu não me emprestaste o teu livro! Essa tesoura é minha. Não é minha. És uma parva.Quem diz é quem é. Vou contar à mami que mexeste nas pinturas … More Óhhh Mamiiiii