Porto

Temos que vigiar constantemente os amores. Segura o teu amor entre os dedos é um verso de Sophia que me ocorreu há pouco. Tirei esta fotografia depois de ficar a contemplar o desvelo com que a velha senhora, confundindo os seus cabelos com os cabelos do vento, prendia a bandeira do FCP impedindo que o … More Porto

Pode acontecer

Já se disseram e escreveram mais “bobagens” sobre futebol, em geral e o Sporting em particular, do que sobre qualquer outro assunto. Talvez com três excepções: a vida para além da morte, sushi e o orgasmo feminino. Adiante. Falar de futebol é cair no delicioso campo da metáfora porque é quase impossível usar com a … More Pode acontecer

Sporting-Benfica

Em casa dos meus pais o confronto dos clubes lisboetas era um momento solene. Como os crentes se vestem para missa, assim mãe e pai se preparavam para aqueles noventa minutos que teimavam em não caber em nenhum relógio. De semblantes sérios, cada um com o seu rádio, e em divisões diferentes, pois partilhavam a … More Sporting-Benfica

Diário da Copa – nestas coisas de futebol sou um homem

Sentada no Bar Zurique com um chopinho à frente prepara-me para o jogo. Aguenta coração. Sou a única portuguesa no local e estou (piedosamente) acompanhada de um jornalista alemão (don’t mention o primeiro jogo). Já não tenho unhas e treme-me a voz ao cantar o hino. Os coreanos da mesa em frente aplaudem e sorriem-me. … More Diário da Copa – nestas coisas de futebol sou um homem

Havia um Müller no meio do caminho, no meio do caminho havia um Müller

Onde estava a 20 de Junho de 2000? Não se recorda? Quem não se interessa por futebol que vire a página, perdão navegue para outro local, e nos deixe com as boas memórias. Recapitulemos. Nesse dia a selecção portuguesa venceu por 3 a 0 a Alemanha, em Roterdão. É pavloviano: quando penso naquele jogo, ouço a canção “Haja o … More Havia um Müller no meio do caminho, no meio do caminho havia um Müller

Sorte?

“Experimentem usar mérito ou competência no lugar da palavra sorte. Não é uma simples questão semântica: há toda uma filosofia de vida subjacente às palavras que escolhemos”. O resto deste magnífico post pode ser lido aqui. Where else?

A bola

Aviso à navegação: sei que não vou fazer muitos amigos com este post, mas dane-se. Abriu oficialmente a silly season, pelo menos a acreditar no que se vê nas televisões portuguesas. Onde quer que sintonize a selecção que nos “representa” – ainda ninguém me convenceu porque é tenho de me sentir mais ou melhor representada … More A bola