O estado da Europa

Jean-Claude Juncker tomou hoje o pulso à Europa num discurso perante o Parlamento Europeu. Entre outras propostas afirmou que em 2019, todos os países da UE devem estar na zona euro, no espaço de Schengen (zona de livre circulação) e na união bancária. Ou seja propõe uma Europa a uma velocidade, tarefa que o Brexit … More O estado da Europa

Merkel, a Europa. Uma história de amor.

     Goethe considerava-o um semi-deus. Refiro-me a Napoleão. Para o ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schäuble, a chanceler é maior do que o imperador francês. Não deixa de ter alguma razão. Ambos são resultado de uma revolução, Napoleão dominou a política francesa durante 16 anos, Merkel  conta 12, a Rússia tem um papel central na … More Merkel, a Europa. Uma história de amor.

Da série: o próximo governo alemão

Fixem esta cara. Se Angela Merkel ganhar as legislativas de domingo este será o Senhor dos Anéis, perdão (com grande probabilidade) o próximo Ministro das Finanças germânico. Poucos conhecem as finanças alemãs como ele (serviu Waigel, Lafontaine, Eichel, Steinbrück e Schäuble), poucos terão a sua capacidade de trabalho (em média 18 horas), poucos poderão ser … More Da série: o próximo governo alemão

Uma fábula de Lafontaine (o alemão)

Acompanhei com estupefacção as notícias que foram publicadas em vários jornais portugueses sobre o “fundador” do euro Oskar Lafontaine. Copio as notas breves que escrevi no meu Facebook pessoal porque vale a pena, na minha opinião, dar algum contexto. a) o ex-presidente do Deutsche Bank, Joseph Ackermann, disse numa entrevista à Der Spiegel que depois … More Uma fábula de Lafontaine (o alemão)

A morte e os impostos são as duas únicas certezas. Será?

As palavras de Christine Lagarde sobre a fuga ao fisco grega causaram uma onda de indignação. A condenação dos termos em que a chefe do FMI se pronunciou, particularmente a demagogia fácil com as criancinhas africanas, não nos deve fazer esquecer, no entanto, que no cerne da questão ela está certa. Anualmente, e quem o … More A morte e os impostos são as duas únicas certezas. Será?

O Pacto

Uma das coisas essenciais para um debate sereno, e não histérico, sobre a crise da dívida e o papel da Alemanha é começar por conhecer a única potência europeia actual. Só que muitos se recusam a faze-lo, por motivos vários. Há a barreira da língua, da cultura, há um desinteresse estrutural – basta ver que, … More O Pacto

A bola

Aviso à navegação: sei que não vou fazer muitos amigos com este post, mas dane-se. Abriu oficialmente a silly season, pelo menos a acreditar no que se vê nas televisões portuguesas. Onde quer que sintonize a selecção que nos “representa” – ainda ninguém me convenceu porque é tenho de me sentir mais ou melhor representada … More A bola

Nota brevíssima

Aviso às Cassandras de serviço: o Weltuntergang do euro e da Europa não vai acontecer. Por um motivo muito simples. Lembram-se da frase de Churchill sobre a democracia? Adaptemo-la: “Não há Europa pior que a actual, com excepção de todas as outras que conhecemos “.

A dívida e a culpa

“A linguagem é o primeiro instrumento de todas as trocas e muitos conflitos e desacordos têm origem em problemas de linguagem” escreve no Expresso António Guerreiro. Para se entender o pensamento de Angela Merkel não basta evocar a história da Alemanha (com mais ou menos má fé) ou referir a defesa dos interesses nacionais. Há … More A dívida e a culpa

Desabafo

Quinta-feira de manhã, acordei num país onde o jornal de maior circulação nacional, o Bild, exige na primeira página que se dê aos alemães o direito de dizer se querem continuar a ajudar a Grécia. “Estamos fartos! Frau Merkel, nós também queremos um referendo”.  Algo que a Lei Fundamental alemã não permite em consequência do … More Desabafo

Um funeral inacabado

Giorgios Papandreou gosta de comparar a odisseia actual da Grécia ao regresso de Ulisses a Ítaca. Depois anos preenchidos por adversidades, provas de coragem e astúcia, a história acaba com um happy end. Desengane-se no entanto o primeiro-ministro grego. A situação que se se vive na Grécia evoca sem dúvida uma aventura marítima, mas uma … More Um funeral inacabado

Que tal olharem de vez para o espelho?

A velha raposa da diplomacia norte-americana, Henry Kissinger, escreveu em tempos que ” os momentos de viragem passam frequentemente desapercebidos aos olhos dos contemporâneos. Muitos acontecimentos tidos como fulcrais na altura em que ocorrem são reduzidos pela história a pouco mais que incidentes sensacionalistas. Outros, ou negligenciados ou ignorados pelos seus contemporâneos, são vistos como decisivos pela posteridade”. É … More Que tal olharem de vez para o espelho?

Merkel e a fábula dos portugueses preguiçosos

Talvez a pretensão mais extraordinária do jornalismo político seja a de tentar entender o que faz mover determinado líder. Por mim falo. Acompanho Angela Merkel há década e meia. Segui o seu percurso desde os tempos de Secretária Geral da CDU até se tornar presidente do partido e chanceler. Tentei capturar o momento histórico que … More Merkel e a fábula dos portugueses preguiçosos

A voz do dono

Há muito, muito tempo, ainda a moeda única não era nascida um ministro das Finanças alemão – Theo Waigel – disse: “ Der Euro sprichst deutsch!”. Os factos – e os desvarios de várias nações do velho continente – encarregaram-se de desmentir o arquitecto do Pacto de Estabilidade e Crescimento. Agora com o euro à … More A voz do dono

Währungsnostalgie

Sempre tive uma relação esquisita com o D-Mark. Para mim era um mal necessário. Houve um tempo, nesses primeiros dias longínquos na Alemanha, em que tive que  habituar-me a levá-lo na carteira quando ia ao supermercado (sim porque os pagamentos automáticos nos estabelecimentos comerciais são relativamente recentes por estes lados) e a fazer contas de cabeça quanto é … More Währungsnostalgie

Novas cinzas sobre a Europa

Um grupo de académicos alemães apresentou  hoje, no Tribunal Constitucional, uma queixa contra o pacote  de ajuda financeira à Grécia – aprovado igualmente hoje –  e pediu que nenhum empréstimo alemão siga para o país antes de uma decisão. As hipóteses de sucesso desta queixa são reduzidas. No entanto, o Tribunal Constitucional poderá definir linhas de … More Novas cinzas sobre a Europa

Exigências…

É o que de melhor soubemos fazer desde o 25 de Abril: exigir. Com o país falido, os sindicatos exigem aumentos de salários e pensões e os geniais gestores públicos que conseguem a proeza de obter “resultados” administrando monopólios exigem também que ninguém toque nos seus pornográficos prémios de gestão. Uns e outros vivem tranquilos … More Exigências…

Ai os gregos…

  O ministro das Finanças alemão,  Wolfgang Schäuble, preveniu , numa entrevista publicada hoje pelo  diário regional Rheinische Post, que “se houver falhas na aplicação do programa de austeridade” definido pelo governo de Atenas, pelo FMI e pela Comissão Europeia, ” o pagamento dos créditos será imediatamente congelado. Atenas está obrigada a aplicar o programa”. Na mesma … More Ai os gregos…

Exemplo a seguir

Se se concretizar ( os projectos políticos  valem o que valem)  este é um exemplo a copiar . Madrid, 30 abr (Lusa) – O governo espanhol anunciou hoje um plano sem precedentes que envolve a eliminação de 29 empresas públicas e o corte de 32 altos cargos de responsáveis de vários ministérios como medida para diminuir … More Exemplo a seguir