Os inquisidores

Nalguns países o hímen funciona como um tranquilizante social. É o caso do Egipto onde as mulheres são vítimas de um duplo padrão moral onde tudo lhes é permitido a eles, os inquisidores, os guardiões da castidade alheia, nada lhes é tolerado a elas. A bem da virtude, da tradição ou do Islão – a … More Os inquisidores

“Is there anybody out there?…”

Vastas emoções, pensamentos imperfeitos é o título de um romance de Ruben Fonseca. O título parece-me uma metáfora extraordinária daquilo que se vive no Egipto neste momento. As imagens da Medan Tahrir provocam-me vastas emoções. E muitos pensamentos imperfeitos. Comovo-me e sinto-me feliz com eles, tenho medo por eles, que se perderem, perdem tudo, e egoisticamente … More “Is there anybody out there?…”

Caça aos jornalistas

Dizer que entre o jornalismo e as ditaduras há um antagonismo natural é uma verdade inquestionável. Onde o consenso começa a esbater-se é quando se trata de saber que antagonismo se gera noutro tipo de situações, desde os regimes qualificados de democráticos aos conflitos mais ou menos violentos. O passado recente deu sinais de que … More Caça aos jornalistas

O Pacto de Fausto

A batalha pela democratização no Egipto trava-se em duas frentes: nas ruas e na Sala Oval. Quando a Guerra Fria acabou, já Hosni Mubarak era presidente do Egipto há uma década e era uma, senão “a”, figura crucial no jogo de poder no Médio Oriente. A Guerra Fria não deixava muito espaço para nuances de … More O Pacto de Fausto

O Cairo

Em 2008, em pleno Verão, passei dez dias no Cairo. Uma das mais sublimes cidades que visitei, apesar de parecer que o Cairo velho acabará por tombar numa nuvem de poeira. E o Cairo novo enlouquecerá com o trânsito. Nas ruas do Cairo o mais importante num carro é a buzina. Depois de sobreviver a … More O Cairo