Postais do Masai Mara 

Os Masai do Quénia têm lendas muito bonitas, quase todas envolvendo leões. Uma das minhas preferidas é “Anuani ya Simba” (o baobá do leão desperto). A história é muito longa – feita à medida das noites sem relógio redor da fogueira no enkang (aldeia) – mas vou partilhar uma versão mais curta.  Um espírito brincalhão … More Postais do Masai Mara 

Postais de Kibera 

O James é um homem humilde com a grandeza de uma alma recta. Nasceu numa boma no Rift Valley, aprendeu a juntar algumas letras e muito cedo tornou-se pastor. De pé descalço, lança e pernas a sofrerem o cansaço do caminho. Maus tratos, atrás do gado.  Nunca se desarmou do sonho. Se ele não pode … More Postais de Kibera 

Viver num campo de refugiados: uma experiência na primeira pessoa

O campo de refugiados de Kakuma é uma cidade de cerca de 180 mil pessoas de 20 nacionalidades. É também o sítio mais extraordinário onde vivi em toda a minha vida. A cidade cresce todos dias.  Vista da janela do Dash que me transportou de Nairobi – e que chocalhava como um brinquedo de criança … More Viver num campo de refugiados: uma experiência na primeira pessoa

Filhos do UNHCR

 Escrevo sentada no chão. O vento fustiga a a areia em meu redor, tudo esvoaça. Presságio ténue do que podem ser as tempestades secas aqui em Kakuma.Sacos de plástico prendem-se na cerca de arame e nos espinhos dos arbustos. Estranhas flores transitórias. É de transição, de duração, o mais efémero dos sentimentos, que quero falar.  … More Filhos do UNHCR

Crónica queniana 

A luz de Nakuru é como a luz de Lisboa. Densa.  O tuktuk que me transporta vai navegando por entre os carros parados. O trânsito é caótico. Carros que são quase achados arqueológicos, todo-o-terreno de última geração, ciclotáxis, boda-boda.  Nalgumas zonas do Quénia, no inverno, quando a chuva é feita de cordões grosso, o preço … More Crónica queniana