Porto

Temos que vigiar constantemente os amores. Segura o teu amor entre os dedos é um verso de Sophia que me ocorreu há pouco. Tirei esta fotografia depois de ficar a contemplar o desvelo com que a velha senhora, confundindo os seus cabelos com os cabelos do vento, prendia a bandeira do FCP impedindo que o … More Porto

Crónica de Maputo

O dia começou como de costume: o quarto a pegar fogo com a luz do sol. Não sei porque insisto em deixar uma frincha das cortinas, espessas, aberta. Ou sei, é por intermédio desse cumprimento matinal do sol, mais quente que uma colorida gele (pano de adornar a cabeça) que vejo a África mais de … More Crónica de Maputo

Pode acontecer

Já se disseram e escreveram mais “bobagens” sobre futebol, em geral e o Sporting em particular, do que sobre qualquer outro assunto. Talvez com três excepções: a vida para além da morte, sushi e o orgasmo feminino. Adiante. Falar de futebol é cair no delicioso campo da metáfora porque é quase impossível usar com a … More Pode acontecer

Sporting-Benfica

Em casa dos meus pais o confronto dos clubes lisboetas era um momento solene. Como os crentes se vestem para missa, assim mãe e pai se preparavam para aqueles noventa minutos que teimavam em não caber em nenhum relógio. De semblantes sérios, cada um com o seu rádio, e em divisões diferentes, pois partilhavam a … More Sporting-Benfica

Diário da Copa – O dia em que Marcelo foi herói

Ele chama-se Marcelo. Não quer dizer onde vive. É fácil adivinhar que a sua realidade não é a porta da frente, que nasceu do lado errado da cidade. De um dos demasiados lados errados de São Paulo. É um mulatinho de calções curtos, pernas finas, cabelo crespo, olhos como a noite, brilhantes. Dá vontade de lhe perguntar … More Diário da Copa – O dia em que Marcelo foi herói

Diário da Copa – divagações várias que passam por Ronaldo

Desconfiar do óbvio e recusar a banalidade foi talvez a mais importante a mais importante lição que o jornalismo me ensinou. Treinou-me também no exercício contínuo de resistência e apreciar como uma pedra rara a generosidade. Por ser jornalista tive, tenho, o privilégio de conhecer diferentes geografias e ouvir a narrativa de muitas vidas sofridas, … More Diário da Copa – divagações várias que passam por Ronaldo

Havia um Müller no meio do caminho, no meio do caminho havia um Müller

Onde estava a 20 de Junho de 2000? Não se recorda? Quem não se interessa por futebol que vire a página, perdão navegue para outro local, e nos deixe com as boas memórias. Recapitulemos. Nesse dia a selecção portuguesa venceu por 3 a 0 a Alemanha, em Roterdão. É pavloviano: quando penso naquele jogo, ouço a canção “Haja o … More Havia um Müller no meio do caminho, no meio do caminho havia um Müller

Sorte?

“Experimentem usar mérito ou competência no lugar da palavra sorte. Não é uma simples questão semântica: há toda uma filosofia de vida subjacente às palavras que escolhemos”. O resto deste magnífico post pode ser lido aqui. Where else?

Schland o Schland

Nem o fleumático Financial Times Deutschland o pode ignorar. Refiro-me à carreira meteórica dos “Uwe Lena”. Um amigo costuma dizer que dois alemães juntos fazem um coro. E se forem estudantes universitários, filmarem a performance e a colocarem no youtube,  arriscam-se a assinar um contrato com uma produtora discográfica.Tornando o que começou ser uma brincadeira no … More Schland o Schland

Gimme Hope

Só faltava mesmo isto: que os amigos estejam do lado do Brasil e as filhas apoiem a Mannschaft de Joachim Löw. Olho à volta aqui em casa e o que vejo? Negro, vermelho e amarelo. Nos Ipods as cantiguinhas do Mundial (pro-germânicas entenda-se…) e o dito ainda não começou. Agora só faltava mesmo que Alemanha defrontasse  de … More Gimme Hope