Páscoa entre parênteses

Este é um domingo diferente, é verdade que os dias são todos diferentes, porém este é um domingo em que o silêncio do mundo me oprime.

Gosto das festas de família, da casa cheia, do cheiro a flores acabadas de cortar, dos bolos a sair do forno, da mesa posta com muitos pratos. Enchem-me de ternura estas coisas tão humanas.

Acredito que o amor aprende com passagem dos anos o valor das gentilezas e pequenos gestos, as manias de cada um que irritam, mas que fazem cada um de nós ser aquilo que é. Em minha casa é assim, podemos zangar-nos, daí a pouco as nuvens desanuviam-se.

O tempo de Páscoa em minha casa sempre foi um tempo de rituais: a decoração da casa, o colorir dos ovos, a caça aos ovos de chocolate. Este ano a Páscoa foi entre parênteses. A minha filha mais velha em Bona, a minha irmã em Zurique, nós aqui. Fizemos uma caça ao ovo por Whatsapp, almoçamos juntos por vídeo conferência e a TVI24 pôs-nos juntas a falar sobre a tessitura do cotidiano e sobre elo inquebrantável do amor.

O link é este: https://tvi24.iol.pt/videos/sociedade/covid-19-como-uma-enfermeira-portuguesa-na-alemanha-celebra-a-pascoa/5e92f0a10cf2cd6069eb47e8


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s