O poder do elogio

  Por vezes andamos às voltas com o comprimento da vida, sempre breve, tão breve, que nos esquecemos de dar largura à sua existência. Que sejam desiguais as contas. Por cada crítica feita, dois elogios. Por cada amargura, dois abraços. Por cada esquecimento, dois sorrisos rasgados.
Ao acendermos a luz no outro, não deixamos que a nossa se extinga. 


One thought on “O poder do elogio

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s