Os deuses devem estar loucos 

  
Pode-se ler tudo sobre a escravatura, a guerra, os campos de refugiados. Mas é preferível ir lá ver. Experimentar na pele sob o sol ardente, nos rins. Porque “Freedom is not free” e como diz uma provérbio sudanês, “um cão com fome segue o dono”.
Em contagem decrescente para a minha viagem a Juba preparo-me intensamente e ocupo-me das questões de segurança. Entre as muitas checklists que preencho está a da “running bag” ( que pode assegurar a minha sobrevivência no caso da situação se complicar). Entre cobertores ultraleves, purificadores de água, bússola, medicamentos, há um item que me arrancou uma gargalhada sonora: diesel para gerador. Os deuses só podem estar loucos ou responsável pela minha segurança, um alemão meticuloso e que prevê todos os cenários,  pensa que eu vou de tanque.

Ohhmmmmm

Anúncios

2 thoughts on “Os deuses devem estar loucos 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s