Os pregos

Dormia profundamente quando aconteceu. Plomppp. Papapappa. O espelho da casa de banho, no meu primeiro apartamento, soltou-se da parede, do lugar onde havia estado nos últimos anos, estilhaçando-se sem razão. O prego cedeu. Porquê naquele instante? E o que acontece a um prego feito de aço para que decida que não pode mais?

Quantas vezes na vida despertamos sobressaltados porque os pregos que nos sustentam perdem a resistência, cedem cansados ?

Lembrei-me da queda do espelho ao ler um artigo sobre a velocidade a que se vive hoje, sempre com a sexta velocidade engatada, como se tudo fosse para ontem. Até o amor. Nesta voracidade esconde-se uma cilada: a da urgência emocional.
Se perguntassem a muitos de nós o que associam ao amor acredito que muitas das respostas seriam: paixão, adrenalina, desespero, desejo, sexo. O sexo urgente até pode ser fantástico, porém amor é mais do que pele, peso, línguas a despertar vertigens e êxtase. Queremos um “amo-te” em nanosegundos, que o telefone toque incessantemente. Não temos tempo para perder. Quantos desencontros não acontecem nessa tragédia chamada pressa?

Com demasiada frequência nos esquecemos de dois pregos do amor: a ternura e a paciência. Cuidar da ternura, alimentá-la com pequenas gentilezas e não exigir tudo já, agora, de imediato serão talvez a fórmula mais eficaz de o manter.

Respondendo à pergunta de um amigo, se as mulheres se satisfariam apenas com mimo, diria que o “amor cabe no breve espaço de beijar” e que “se pode viver toda a vida do sabor de uns lábios”, da memória de uns dedos da deslizar no rosto. Sem urgência, com sossego.

Anúncios

2 thoughts on “Os pregos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s