A cantiga é uma arma

“A verdade é que a gente não faz filhos. Só faz o layout. Eles mesmos fazem a arte-final”, bem dizia o Veríssimo. Não sei bem a quem ela saiu porque o meu jeito para cantar é muito semelhante ao meu jeito para patinar, aos solavancos. E o porquê deste post, pergunta o paciente frequentador deste blog. Bem, porque o dia em Bona está cinzento, porque estou a sofrer com o jetlag ( e sem muita paciência para puxar pelos neurónios), estou desesperdamente a sentir a falta de um café e porque a minorca teve ontem a sua primeira aula de canto. O que ensaiou ela? “My favorite things” de Música no Coração, o musical baseado na história real da família Trapp .Não há nada mais tranquilizante quando o nosso mundo está em desalinho que saber que a cantiga é uma arma, nem que seja para fazer mami e filhota ficarem coladinhas uma à outra a cantarolar a mesma canção. “Mami du bist cool”.

E agora ide ver o vídeo e fazei uma criança de olhos grandes (e lindos) muito contente.

 

 

Anúncios

4 thoughts on “A cantiga é uma arma

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s