Já não há canções de amor?

As histórias que aconteceram na adolescência da maioria de nós dariam para entreter o sultão das mil e uma noites. E não, não estou a falar de histórias escaldantes, suas mentes maliciosas.

Alguns desses episódios podem ser contados. Assim como podem ser partilhadas algumas das canções, que nos fizeram suspender a realidade, viver instantes de puro prazer e hoje nos parecem rídiculas ou amareladas, como as páginas dos livros com a passagem do tempo.

Nunca mais  lhe esqueci a letra: “I feel so unsure/ as I take your hand/and lead you to the dancefloor/as the music dies/something in your eyes/ calls to mind a silver-screen/and all its said goodbyes”. Antes que se percam de riso umas palavras em auto-defesa: tinha treze anos e estava enamoradíssima por um louro que perdi numa esquina da vida.

Na cave, numa caixa, onde ainda guardo a cassete com uma única canção gravada em loop, “Careless Whispers”, oferecida pelo louro de olhos de água. A minha primeira canção de amor. Uma espécie de talismã para a eternidade da rapariga que fui no Verão passado (ok, há muitos Verões).

Post Scriptum. E agora se tivesse que escolher? A lista seria longa. Teria muito Chico e Tom Jobim , não faltaria o sertanejo “No Rancho Fundo” de Ary Barroso e Lamartine Babo, e claro “O Se O Amor Pudesse” do Vinicius. “Se o amor pudesse de repente compreender /Toda loucura que um amor pode conter/Se ele pudesse, num momento de razão/ Saber ao menos quanto dói uma paixão.”

Espero ter respondido ao desafio do Carlos Barbosa de Oliveira.

Advertisements

2 thoughts on “Já não há canções de amor?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s