À vossa saúde

Eu sabia que ia ser árduo, mas não imaginava que fosse assim tão árduo. Durante todo o almoço discutiram vinho. Educadamente fui anuindo e tentando não bocejar. Alguém disse que as conversas entre enófilos são a vingança masculina do eterno love-affair mulheres-sapatos. O meu cérebro aparta-se da realidade. A dado momento, depois de terem dissertado sobre copos adequados, perlage e temperatura, blablablabla, ouço a seguinte descrição: é suave, doce, delicado e sedutor, devasso mesmo. Bonita aplicação adjectival. Nada mais a declarar. Alguém carregou no play do meu mecanismo de riso intenso. Mordo a língua. Arrebito as orelhas, o que é que eu ando a perder? Andam-me a escapar as fantasias eróticas que alguns conseguem experimentar num copo Grand Cru Burgundy. Á votre santé!
Estou desolada.

PS- Isto são efeitos colaterais de ter passado o dia mergulhada em tabelas de excel e sap e ainda não ter recuperado o meu email. Ohmmmm.

Anúncios

One thought on “À vossa saúde

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s