O Bobby

Prefácio: Uma mãe vai buscar a filha à escola, com os pensamentos algures entre o início do processo NSU (a célula terrorista de extrema-direita alemã responsável por pelo menos dez mortos, dez dos quais emigrantes) e as declarações de Oskar Lafontaine ( sobre as quais não pronuncio porque a credibilidade do senhor é igual à probabilidade de um livro de Agatha Christie não ter mortos).

Ao longe vê um vulto pendurado numa árvore a acenar. Inspira, expira, estaciona. “Olá querida como fizeste essa nódoa negra na cara”, pergunto resignada. “Foi o Bobby”. Inspira,expira. “A Lilly tem uma no pescoço e a Louise na cara”. Quem será o Don Juan de dez anos que anda a deixar nódoas negras nas meninas mais giras da escola (neste ponto o meu julgamento estético como mãe é tão imparcial como o dos árbitros nos jogos do Sporting)? Passo mentalmente em revista os miúdos da turma, mas não me consigo lembrar de nenhum Robert ou Bobby. “Quem é o Bobby? E como aconteceu isso?”. “Foi no intervalo, nós queríamos ficar com marcas de beijos como a mana no Verão”. Mami a entrar em hiperventilação (anoto mentalmente: esconder todas as Bravo disponíveis no universo e arredores), há detalhes que uma mãe não precisa de saber. Ohmmmmm. “Mas como?”, insisto. “Fácil, pegámos no Bobby e fizemos umas às outras”. Mãe mais confusa do que após assistir a um discurso de certos políticos (you know who). “Mas tu não sabes que o Bobby é uma ventosa?”. “Amanhã ponho um bocado da base que tu usas para esconder as rugas e fico linda”.

Postfácio: há fabricantes de brinquedos/acessórios infantis que têm um sentido de humor muito tortuoso. Ai se têm. Apetecia-me pegar num Bobby e torturá-los. Gentilmente.

20130506-185602.jpg

PS- Para quem ficou com curiosidade em conhecer o Bobby fica a imagem. Trata-se de um suporte colorido para iPhones ( e afins) que a miúdagem usa com fins criativos. Ohmmmm.

20130506-232648.jpg

Anúncios

5 thoughts on “O Bobby

  1. Já tinha visto estes minis desentupidores para segurar os telemóveis… daí passarem a aplicadores de “chupões”… é preciso ser criativo. obrigada Lena pela foto.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s