Anschluss reloaded

Eu faço parte do restrito número de portugueses que não está convencido que todos os males da Europa advenham da senhora Merkel. Mas, como gosto de contraditório procuro escutar opiniões informadas. Estava eu posta no meu sofá a ver o noticiário, quando ouço o douto Professor Marcelo Rebelo de Sousa  afirmar no jornal da noite da TVI: ” as coisas não estão a correr bem à senhora Merkel. Num Land onde governava a extrema direita ganhou o SPÖ”.

Acontece na que  Alemanha a extrema-direita nunca governou em nenhum estado-federado (embora tenha tido presença parla mentar) e o SPÖ é o partido social-democrata austríaco. A Caríntia fica na Áustria caro Professor e eu, apesar de distraída, não dei por nenhum Anschluss recente.

Desconfio que a polémica do filme ainda lhe está atravessada na garganta.

Zapping imediato.

Anúncios

5 thoughts on “Anschluss reloaded

    1. A queda do Muro deve-se em grande medida à coragem e ao desejo de liberdade dos cidadãos da defunta Alemanha democrática. As manifestações de Leipzig dizem-lhe alguma coisa?

      A reunificação alemã limitou-se a reunir duas metades que se completavam e que aspiravam,legitimamente, pertencer ao mesmo país. Um país livre, justo e soberano ( não um mero satélite de Moscovo).

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s