Desfazer malas

Estou aqui a olhar para mala de viagem por desfazer e a pensar numa passagem de Álvaro de Campos, “Volta amanhã, realidade! /Basta por hoje, gentes! /Adia-te, presente absoluto! “.

Ao lado da mala fechada, esperando a arrumação adiada, construí uma pilha, de equilíbrio instável, de livros, despojos da viagem. No topo o romance “Macunaíma” , índio cuja frase emblemática é “ai que preguiça!”.

Haverá algo mais monótono do que desfazer malas?

Anúncios

2 thoughts on “Desfazer malas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s