A “pureza” africana

Falemos do Uganda. É um dos piores países do mundo para se ser criança. Numa guerra longa, de duas décadas, mais de 30 mil crianças, viram a sua infância ser-lhes raptada, foram usadas como soldados ou como escravas sexuais.

A barbaridade no Uganda não se fica pelas crianças. Advogando a espada da “pureza africana”, os moralistas de serviço – tantas vezes com poder, tantas vezes no poder – pedem a pena de morte para gays e lésbicas.

Um infame projecto-lei anti-homossexualidade – que havia sido apresentado em 2009 e que acabaria por ser temporariamente posto de parte em maio do ano passado, após condenação internacional – volta a ser debatido no parlamento.

A homossexualidade é ilegal no Uganda, onde os actos homossexuais são considerados um crime punível até 14 anos de prisão. O que no aprece ser suficiente para o autor da  Carta Anti-Homossexualidade, o deputado David Bahati, membro do Movimento de Resistência Nacional, que defende a pena de morte para a “homossexualidade grave” ( por exemplo no caso do homossexual ser seropositivo. Se a lei for aprovada também aqueles que sabem da existência de uma relação homossexual e não a denunciarem no prazo de 24 horas serão criminalizados, podendo enfrentar uma pena de prisão até três anos.

No continente africano apenas a África do Sul reconhece direitos legais aos homossexuais e o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Anúncios

3 thoughts on “A “pureza” africana

  1. Não haver casamentos entre pessoas do mesmo sexo não me choca no sentido em que em muitos países mais desenvolvidos tb não. Portugal começou há pouco, tb.Há tempos que ainda estão por existir, de várias formas, across the globe. Agora a criminalização já é, sim, inaceitável.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s