Bye Liz

Marilyn Monroe era a deusa do sexo, Grace Kelly a rainha de gelo, Audrey Hepburn a miúda eterna, Elisabeth Taylor a encarnação da beleza.

Abra-se uma história do cinema ou consulte-se a hemeroteca e em Taylor, de Elisabeth Taylor (1932- 2011), lê-se semi-deusa, cujo coração foi maior do que a fama. Adúltera,escandalosa, intensa, eterna.

Descansa em paz Cleópatra.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s