Ciclista motorizada…

Acordei muita, muita, muita vontade de andar de bicicleta. De pedalar a toda a velocidade. De sentir o vento a fazer cócegas no nariz. De ficar ofegante nas rampas e travar a fundo nas descidas. De olhar para o Reno durante todo o caminho de casa até à rádio. O Almada Negreiros dizia que a redenção não está nos livros. Talvez esteja numa bicicleta a todo o gás. A salvação e a liberdade (ok e menos umas calorias…)

Pronto, este é o desejo matinal. Mas, como não há bela sem senão,  esta é uma semana no turno da madrugada na rádio, estão temperaturas negativas e o chão está congelado.

Pareço o Garfield, quando tenho vontade de fazer exercício sento-me ( no carro) à espera que passe….


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s