Duelo de gigantes

Ao desafiar publicamente uma potência política  a Google afirma-se como um actor político cujo poder não radica num território, mas numa rede. No século XXI a natureza do poder está a alterar-se. E o ciberpoder da Google tem tal dimensão que nem mesmo a China pode dar-se ao luxo de ignorá-lo. A net e a sua capacidade de mobilização – o denominado poder brando, ou o sexto poder – pode mudar as regras dos novos confrontos políticos.

Não será casual que a empresa de Mountain View tenha tomado a  decisão   de redireccionar os netizens que acederem ao motor de busca da Google, na China, o Google.cn, para o motor Google.com.hk, alojado em Hong Kong,  numa altura de tensão nas relações entre Washington e Pequim para a qual têm contribuído as taxas de conversão do yuan, as sanções contra o Irão devido ao seu programa nuclear, a venda de armas a Taiwan por parte dos EUA, mas também a censura na Internet praticada pelo regime chinês.

Ninguém põe em causa a bondade do lema da Google Don’t do evil , que não a impediu em 2006 de aceitar as regras do jogo impostas por Pequim, mas há motivos para estarmos preocupados. Posicionar-se como defensora dos direitos humanos, da  liberdade de expressão e contra a censura é uma excelente operação global  de Public Relations – genial porque nãoi mplica  perdas económicas –  quando muitos se questionam sobre a gigantesca quantidade de informação sobre todos nós  que o motor de pesquisa armazena. Quando nos  inquietamos com a nossa “transparência” virtual.Nada escapa a net. Nada.

Que surpresas mais  nos reservará a Google ?


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s