A tragédia madeirense

 

 “Entre a morte, a dor e a desolação, com luto decretado a nível nacional durante três dias, a Madeira procura retomar a normalidade. Mas as marcas de destruição são profundas e dificilmente serão apagadas nos próximos meses, sobretudo na baixa e zonas altas do Funchal. Ou mesmo na marginal da Ribeira Brava, o segundo maior palco de devastação.”

Ler mais em

http://www.publico.pt/Local/a-procura-da-normalidade-madeira-teme-mais-vitimas_1423747


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s