Um americano em Gulu ou reflexões sobre refugiados em volta de uma chávena de café

Quando o dia começa a dar sinais de cansaço caminho pelas ruas de Gulu misturando-me com os locais. Já conheço os atalhos que me levam ao centro da cidade.  Tattatatatatum. Um jovem homem em tronco nu, músculos tensos como a corda de arco, sentado na terra batida martela uma chapa zincada. Os últimos raios do … More Um americano em Gulu ou reflexões sobre refugiados em volta de uma chávena de café

24 horas, 3 países e a teoria dos seis graus de separação. 

Coloquei na mala no último instante um romance comprado há muito e que quedava por abrir. O parágrafo inicial contém a frase maravilhosa de Elias Canetti, “as interruptas idas e vindas do tigre diante dos barrotes da jaula para não que se lhe escape o único e brevíssimo instante da salvação”. De alguma maneira todos … More 24 horas, 3 países e a teoria dos seis graus de separação. 

Viver num campo de refugiados: uma experiência na primeira pessoa

O campo de refugiados de Kakuma é uma cidade de cerca de 180 mil pessoas de 20 nacionalidades. É também o sítio mais extraordinário onde vivi em toda a minha vida. A cidade cresce todos dias.  Vista da janela do Dash que me transportou de Nairobi – e que chocalhava como um brinquedo de criança … More Viver num campo de refugiados: uma experiência na primeira pessoa