Valeu Balsas!

Ponte sobre o rio Balsas, Agosto 2012, HFG

Nome de baptismo : Santo António de Balsas. Nome comum: Balsas. Cá está o rio, epicentro da cidade. E logo à direita a ponte de madeira. Para onde ir? Rumo à margem.

Olho a dança da luz sobre a água. Impiedoso, o calor de Inverno desaba sobre mim. Quase quarenta graus nas primeiras horas da manhã. Grossas gotas de suor deslizam pelas costas numa carícia indesejada. Mergulho os pés na água tépida e invejo as crianças que nadam, imagens recortadas de riso. Tschpa, Tschpa. Cristas de espuma branca formam-se junto das lavadeiras que batem a roupa nas pedras. Mais adiante um homem toma banho, ensaboa o corpo, fecha os olhos e desaparece por momentos num abraço liquido.

Num exercício de equilíbrio mais do que imperfeito a ponte de madeira sobre o Balsas parece desconjuntar-se a cada mota que passa. Deixo a margem, sem audácia para beber água da corrente – a lenda diz que quem a beber regressa, mas a precaução de viajante não permite – e atravesso a ponte. Subo a rua inclinada até à casa do Bispo, em frente à Igreja de Santo António de Balsas. Estou em casa.

Logo no primeiro noite, desembarcada de muitas horas de BR 230 ( trecho da transamazônica) que me trouxe de Imperatriz (vinda de Brasília, Manaus e Miami, não, não há voos directos), senti-me em casa aqui, nos confins do Maranhão. Pousada a mala, num quarto espartano, ao lado da capela, com o único luxo de uma ventoinha, eis-me sentada à mesa com o Padre Nadir, o Padre Jorge e a Dona Amélia (verdadeiro anjo da guarda nesta viagem). Bebido o sumo de caju – que saudades eu tinha de sumo de caju, basta um gole e o mundo mudou – rumamos de imediato para a rádio Boa Notícia. O que me trouxe a Balsas. Nesta rádio católica que integra a Rede de Notícias da Amazónia, de que já aqui falei, passei uma semana intensa de trabalho e conheci pessoas extraordinárias. Não me lembro de ter encontrado nos últimos anos um ambiente de trabalho tão bom e um espírito de equipa tão forte apesar das adversidades (denunciar a violência, o tráfico de droga, as violações ambientais, o trabalho escravo, não cria muitos amigos entre os poderosos). Se esta rádio fosse um poema seria estas linhas de Chico Buarque: “Sonhar/Mais um sonho impossível/Lutar/Quando é fácil ceder/Vencer o inimigo invencível/ Negar quando a regra é vender”. E os ouvintes? Meu Deus , os ouvintes. Que estação não inveja os ouvintes que sobem às árvores, lá bem no meio do cerrado maranhense, para melhorar a recepção de telemóvel e poder ligar para rádio? Encanta aconselhar uma rádio assim.

Claro que Balsas não é um paraíso, nem um destino turístico, mas como não abrir o coração a quem nos recebe com miminhos diários, numa espécie Natal antecipado? Elenquemo-los: aquele abraço apertado bem brasileiro, a cana de açúcar cortada fresca para “a portuguesa” provar, as mangas e os cajus colhidos no quintal de casa, os anéis de Bispo (biscoitos), os colares indígenas lindos, as boas vindas do comandante da polícia militar, o cafezinho coado fresco ao lado do computador, o CD de músicas sertanejas, o inesquecível almoço de despedida ( “Maria Isabel” a refeição típica do Maranhão, à base de carne seca ao sol e arroz) e, e…

De Balsas levo o rio, o Guaraná Jesus (um refrigerante cor de rosa, à base de canela, que só se vende no Maranhão), a hospitalidade de Dom Enemésio Ângelo e dos Padres Jorge e Nadir, o carinho imenso da Rádio Boa Notícia e uma expressão deliciosa que só podia ser brasileira: “barriga de prefeito” ( o nome dado às lombas na estrada para reduzir a velocidade).

Valeu pessoal !

PS- Logo que a internet o permita colocarei fotos. Agora é tempo de fazer de novo a mala e rumar para Cruzeiro do Sul, bem lá no fimzinho da Amazónia. A viagem dura cerca de 36 horas . Ohmmmmm.

20120812-045543.jpg

About these ads

9 Comentários

Filed under Brasil, Viagem

9 responses to “Valeu Balsas!

  1. Diplodus Vulgaris

    Incrível colecção de cores, cheiros, formas, sensações e experiências: tudo isso transparece nestes textos. Para continuar, para bem da cultura e da língua portuguesa.

  2. Como sempre, os seus textos são deliciosos, venham lá de onde vierem.
    (E não me refiro só delícias gastronómicas que descreve :-))
    Continuação de bom trabalho e boa viagem!

  3. Eanes silva

    Nossa! Que belas palavras, fiquei até emocioNós somos quem agradecemos por sua disponibilidade, paciência e compreensão… Foi maravilhoso podermos ter estado esses dias com você Helena e Christopher. É bom poder contar com pessoas como vocês. Quero que saiba que muito ficou de vocês aqui conosco, o aprendizado, as orientações, em fim… Bom saber também que gostastes da cidade e da receptividade.
    Eu particularmente agradeço por seu Sorrir, pelo Brilho de seus olhos, por me fazer acreditar que ainda é possível uma mudança…Obrigada!… Simplesmente obrigada… Que Deus abençoe poderosamente SEMPRE!
    Ah, não poderíamos deixar de agradecer também a Rede de Noticias da Amazônia nas pessoas de Joelma Viana e Pe. Edilberto.
    Valeu!
    nada aqui…

  4. Maria Luisa

    Que maravilha!!! Falaste tão bem da minha Balsas querida e do meu povo; do grupo. Usaste belas palavras e por vezes poéticas para descrever o que sentiu e viu. Escreves muito bem Helena Ferro de Gouveia. O teu trabalho tem um grande diferencial, pois és competente e téns um olhar de compaixão(vives num estado de presença) visto que percebe o outro.
    Eu fui privilegiada por ter sido convidada a participar desta semana de formação com você e Christopher.Pois pude enrriquecer-me de conhecimento de uma área especíifica que não é a minha(risos). Mas certamente de muita valia. Excelente trabalho fiseste na área de gestão… Se a equipe por em prática a mudança vai ocorrer.
    Deixo aqui o meu muito obrigada pelo bom trabalho, pela a disponibilidade, sorriso que acolhe e pela a mizade que fica.
    Boa sorte, boa viagem, bom trabalho!!!
    Maria luisa.

  5. Muito bom… excelente escrita, envolvente narrativa, viaja-se pelas suas palavras…

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s